...
Lilypie 1st Birthday Ticker

segunda-feira, outubro 31, 2005

Consulta e eco

Pois é, minhas lindas, hoje lá fui eu para a consulta de diabetes de manhãzinha. Correu tudo bem, ouvi o coraçãozinho do bebé, tensão boa. Passaram-me mais análises para fazer esta semana. Em seguida ensinaram-me a mexer na maquineta para picar o dedo e medir os níveis (4x ao dia). Depois estive a falar com a Nutricionista e traçámos um plano alimentar para eu seguir rigorosamente.
Sinceramente, acho que não me vai custar muito. Só vou ter saudades do meu chocapic e de um chocolatito de vez em quando. Mas o meu fihote vale muito mais que isso...
Volto lá segunda-feira para ver como estão os níveis de glicose e para fazer uma eco.
Ao sair do Hospital ainda fui direitinha fazer a eco do 3º trimestre que já tinha marcada e adorei. Vi a carinha do meu filhote mesmo bem, parecia uma foto a preto e branco. Tem umas bochechas tão grandes e fofas... Confirma-se que é um rapaz e bem "aviado":) Está tudo óptimo, é pena o Dr. não ter dado nenhuma foto da carinha.
Mil beijos:)

domingo, outubro 30, 2005

31 semanas + 2 dias e consulta


Nesta fase o seu bebé já teria boas hipóteses de sobreviver se tivesse que nascer prematuro (Calma Marquitos que ainda é cedo!!) Os pulmões começam agora a produzir a substância sem a qual a respiração não seria possível. Faça exercícios respiratórios que depois a vão ajudar na altura do parto.

O seu bebé
O peso do bebé nesta fase é de 1600g e o comprimento de 41,5cm (será???) O bebé ainda é magro, mas já tem gordura suficiente para manter o calor, no caso de nascer prematuro. Em vez de ouvir vibrações, os nervos auditivos do bebé já lhe permitem ouvir sons distintos, como as vozes familiares e música. Os pulmões já começam a produzir uma substância (surfactante) que ajuda no movimento respiratório e sem a qual é impossível respirar. É ainda produzida em pequenas quantidades, mas quando bem estimulada pode salvar a vida do bebé. Nos outros órgãos estão formar-se uma série de detalhes até ao momento de nascer. Ainda é muito prematuro, mas teria boas hipóteses de sobreviver se fosse necessário fazê-lo nascer. As trocas materno-fetais acontecem constantemente, através da placenta.
A futura mãe
O seu útero ocupa agora uma larga parte do seu abdómen (larga é favor!!) e provavelmente engordou, até esta altura, entre nove quilos e meio e 12 quilos. É provável que se sinta excitada e ansiosa, afinal já não falta muito para o nascimento do seu bebé.

E agora vamos ao que verdadeiramente importa... o que aconteceu na consulta de 6ªfeira. Sim, é verdade, infelizmente tenho diabetes gestacional.
A partir de agora vou ter de tomar muito cuidado com a minha alimentação e, para isso, vai-me ser passada uma ementa especial para ser seguida rigorosamente. Vou ter de controlar os valores glicémicos diariamente para melhor os controlar. Tudo isto, claro, para o bem do meu filhote.
Segunda-feira às 8h30 vou à primeira consulta de diabetes para me poder ser explicado tudo ao pormenor e esclarecer algumas dúvidas.
De resto, a consulta foi muito boa. A médica e enfermeira foram umas queridas e vão ser elas que me vão acompanhar daqui para a frente. Já não vou ter mais consultas no centro de saúde mas sim no hospital. Em princípio já passo a ter consultas de 15 em 15 dias e as ecografias também vão ser feitas lá.
Penso que agora a minha gravidez é considerada de risco mas nada que me impeça (por enquanto) de trabalhar.
A outra certeza com que eu saí de lá, é que o meu filho vai nascer antes do tempo. O meu útero está com uma altura de 31 cm, valor que só devia ser por volta das 35 semanas. Não quero mesmo nada é ter de fazer cesariana...
Na segunda conto como correu a consulta. Não sei se vou a tempo da ecografia às 11h30.
MIl beijos:)

quarta-feira, outubro 26, 2005

Causas

Estive a pesquisar sobre a Diabetes Gestacional e encontrei isto:
Os factores de risco são parecidos com os do Diabetes Tipo 2 e incluem:
Idade acima de 25 anos;
Obesidade ou ganho excessivo de peso na gravidez atual;
Deposição central excessiva de gordura corporal (gordura em excesso no tronco) - tenho
História familiar de diabetes em parentes de 1o grau - tenho
Baixa altura (1,50cm) - tenho
Crescimento fetal excessivo, hipertensão ou pré-eclâmpsia na gravidez atual;
Antecedentes obstétricos de morte fetal ou neonatal, de macrossomia (peso excessivo do bebê) ou de diabetes gestacional.


E mais ainda não sei.
Mil beijos:)

terça-feira, outubro 25, 2005

tudo a correr bem...

...até ir buscar o resultado das análises da curva de glicose:
  • glicose em jejum - 91
  • glicose aos 60m - 239
  • glicose aos 120m - 194
  • glicose aos 180m - 116

Com isto já dá para ver que tenho diabetes gestacional:( A minha médica falou-me que se os valores dessem altos tenho de ser encaminhada para o diabetista e endocrinologista do hospital. Como ela não está lá esta semana, falo com a médica do hospital na 6ª feira e logo se verá.

Só a mim...

sábado, outubro 22, 2005

30 semanas - take2

Esqueci-me de vos contar como correu na segunda-feira a visita ao laboratório de análises.
Cheguei lá às 9 e fui logo atendida pois tinha de fazer o teste das 3 horas. Tirei logo a primeira colheita de sangue e deram-me a "garrafinha de sumo" para beber (com a respectiva palhinha). Acreditem, quem ainda não provou, não queira, pois esta beberagem tem 100/250 de glicose e sabe a laranja o que a torna extremamente enjoativa. Tive de fazer um esforço enorme para aguentar aquilo no estômago. Para ajudar à festa o Marcos decidiu nesse dia encaixar-se nas minhas costelas, o que não permitiu que eu estivesse sentada de maneira nenhuma.
Conclusão...saí de lá às 12h30 cheia de fome, branca que nem cal, com as costas feitas num 8 e com os braços pisados das 4 colheitas que tive de fazer. Só espero que estas dêem valores dentro dos limites.

Entretanto já recebi a carta do hospital que diz que a consulta de referência é dia 28 deste mês às 8 da matina. Dia 31 tenho eco às 11h30, e dia 8 tenho consulta de rotina.

Acreditem que ando mesmo cansada, estou desejosa para que chegue Dezembro para ir de férias. Não quero mesmo nada pôr baixa. Mas as costas doem-me, as pernas pesam-me, a azia não me larga, etc.

MIl beijos:)

sexta-feira, outubro 21, 2005

30 semanas

O bebé:
O seu bebé já está perfeitamente proporcionado. O líquido amniótico protege-o dos choques e do facto de o espaço que tem dentro de si já não ser muito. As dores que pode sentir são provocadas pelo facto do seu bebé estar a fazer força nas suas costelas (dores, é favor...)

O seu bebé começa agora a controlar a sua própria temperatura corporal. As pestanas e as sobrancelhas estão desenvolvidas e o cabelo está a ficar mais grosso e abundante. A cabeça e o corpo já estão proporcionados, como acontece a um recém-nascido. As mãos estão perfeitamente normais e desenvolvidas assim como as unhas que já crescem. O líquido amniótico que protege o bebé existe em quantidade suficiente para proteger dos choques e para que este não se sinta tão apertado e incomodado com as contracções que estão a preparar o útero para um parto normal. O facto de o bebé se mexer muito provoca por vezes dores no abdómen da mãe. Pesa 1400 g e mede 40 cm (está enoooorme!!)
A futura mãe
A sua barriga já está tão grande que é difícil acreditar que ainda faltam 10 semanas para o seu bebé nascer (estou sempre a repetir isso a mim mesma). O seu feto continua a fazer força contra as suas costelas o que a pode fazer sentir-se desconfortável, essencialmente na pélvis e no abdómen. É natural que continue a aumentar aos poucos o seu peso.
E assim já só falta 1/4 do caminho. Eu estou mortinha para que passe rápido pois sinto-me muito cansada. è muito peso em cima das pernas...
MIl beijos:)

segunda-feira, outubro 17, 2005

20000

ATENÇÃO, ATENÇÃO
Estamos a chegar às 20000 visitas. A felizarda que se acuse.
Obrigada a todas pelos miminhos :) :) :)

domingo, outubro 16, 2005

Update fotográfico

Então?? Que acham?
Só nestas últimas semanas ouvi cerca de dez vezes a pergunta "Está quase não??"
E eu rio-me e limito-me a responder "Faltam mais de 2 meses" e elas arregalam os olhos, LOL.
Mas está abusada. E depois não hei de ter dores nas costas...


Mil beijos:)

Ps: A minha última eco (penso eu) é dia 31 de Outubro e estou a ganhar coragem para fazer a análise das 3 horas amanhã.




sexta-feira, outubro 14, 2005

Ai

Ai migas, tou que nem posso. Estou com dores nas costas tão fortes que só com a respiração de relaxamento me alivia. Só o facto de estar aqui sentada é um martírio. O pior é que deitada não fico muito melhor. Que acham? Se isto não passar hoje vou ao hospital amanhã??
Mil beijos:)
PS: Na minha ronda pelos blogs vi que nasceram muitas estrelinhas e que também há muitas mamãs novas. A todos muitos beijinhos e muitas felicidades.

29 semanas

O seu bebé
Na 29ª semana os olhos do feto são quase azuis e podem distinguir a luz do sol da luz artificial através da parede uterina. À medida que o espaço no útero se torna mais apertado, o bebé realiza cada vez menos acrobacias, apesar de continuar a dar pontapés e a esticar-se. Nesta fase da gestação o bebé está em sintonia com as glândulas maternas que vão produzir leite. Devido a um estímulo da placenta, a prolactina aumenta e produz leite, que nesta fase ainda é o colostro. O colostro é muito importante para o recém-nascido, pois é rico em nutrientes que o bebé precisa, pois não tem defesas quando nasce (ainda não deito nada, e vocês?). O seu comprimento é de 38,5 cm e seu peso de 1250 g.
A futura mãe
A respiração torna-se mais difícil, devido ao aumento das dimensões uterinas. Os movimentos tornam-se cada vez mais difíceis e a postura a ser adoptada para descanso é a posição lateral, de preferência sobre o lado esquerdo do corpo. Ao deitar e levantar-se (devagar), o indicado é que se coloque de lado e que ajude com a mão apoiada na cama ou sofá. É importante que tenha uma atenção especial na alimentação, porque o seu bebé precisa de mais vitaminas e sais minerais. Se sentir cãibras como as que surgem na altura da menstruação, dores na região lombar ou um líquido rosado ou acastanhado que é precedido por uma substância gelatinosa, então isso provavelmente significa que está a entrar em trabalho de parto prematuramente~(não me assustem porque eu só não tenho a tal "gelatina", mas as dores e as cãimbras estão cá) O seu médico pode impedir que o parto aconteça prematuramente ao aconselhá-la a ter descanso absoluto, ou através de relaxantes para os músculos ou outros medicamentos.
MIl beijos:)

sexta-feira, outubro 07, 2005

28 semanas




O seu bebé
As ondas cerebrais emitidas pelo seu bebé mostram que ele já sonha. As pálpebras já abrem. E ele pesa cerca de 1100 g e mede, mais ou menos, 37,1 cm. O desenvolvimento do bebé, agora, é todo no sentido de adquirir peso e maturidade do sistema nervoso e do aparelho respiratório. Os órgãos já estão todos formados, só falta aperfeiçoar o seu funcionamento. Para todos os efeitos é um bebé completo e quase pronto para nascer, pelo que se coloca em posição de nascimento.
A futura mãe
O seu útero continua a expandir-se e, à medida que o seu bebé cresce e fica mais forte, é natural que possa estar a sentir cãibras nas pernas, inchaço dos tornozelos e pés, dificuldade em dormir, pequenas faltas de ar, dores abdominais e tonturas. Por esta altura, também é normal que sinta contracções mais fortes que têm como objectivo prepará-la para quando entrar em trabalho de parto. Como o útero continua a empurrar a sua bexiga é natural que tenha que urinar com mais frequência.

E Terça-feira foi dia de consulta mensal. Felizmente, como previsto, está tudo bem. Só engordei 1 kg este mês e a tensão estava boa, se bem que ligeiramente acima do meu normal. O coraçãozinho do meu Marcos bate alto e a bom som a 146 bpm e ainda não deu a volta. A médica disse que a partir de agora é que o vou começar a sentir mais e é verdade, pois todos os dias sou brindada com várias sessões de movimentos estonteantes.
O rastreio bioquímico deu negativo (yesss!!), a análise à glicémia vai ter de ser repetida pois o valor após uma hora estava um pouquinho acima do limite. Que seca :(
Receitou-me ampolas de magnésio para as cãimbras pois as dores já começavam a ser insuportáveis. Até me dá vontade de chorar durante a noite tal é a dor. Também já me passou a credencial para a próxima eco que vai ser entre a última semana deste mês e a primeira de Novembro.
Olhem só o mais engraçado...acreditam que só agora dei conta que a minha médica também está grávida. Como é possível estar com ela todos os meses e nunca ter notado? Não fiz grandes perguntas, mas pelo que me deu a entender está com cerca de 22 semanas e tem uma barriga enorme. Sou mesmo dahhhhhhh:)

Mil beijos:)

segunda-feira, outubro 03, 2005

Começou

Foi hoje o meu primeiro dia de aulas e correu muito bem. A professora ainda se lembrava de mim (eu só tive uma aula hoje) e estivemos à conversa sobre o Marquitos. Ainda me disse que sempre que precisar de alguma coisa é só dizer. Muito querida.

E aproveitando esta onde que se criou e eu acho muito engraçada e útil, deixo a qui a informação que a minha barriga/cintura mede 106 cm. Façam todas o favor de medir para eu saber se estou na média. lol


Vou estudar um bocadito.
Mil beijos:)